segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Correio do Amor e da Amizade


Já está disponível na BE o "Marco do Correio da Amizade e do Amor".

Aconteceu no JI da Mó

O Kiko" foi ao JI da Mó e  a autora Manuela Meireles encontrou uma plateia atenta, curiosa e muito participativa que encantou os visitantes.







Aconteceu na EB1/JI de Soutelo


A EB1 /JI de Soutelo contou com  a presença da avó Ilda na "Hora do Conto"

Hora do Conto: Jardim do Arco-Íris

No dia 18 de Janeiro de 2010 o Diogo levou o livro “Jardim do Arco-Irís”, acompanhado de um CD, para a Educadora ler para todo o grupo.
Depois de ouvir o CD li a história, com amostragem de todas as imagens.
Em grande grupo (25 crianças) foi feita a análise da história e as crianças mencionaram o que mais tinham gostado. Foi feito o enquadramento espácio-temporal da história e a descrição pormenorizada das personagens.
Para um reforço das aprendizagens, com um pequeno grupo de crianças, dramatizei a história para o restante grupo na sala de actividades.
Para não nos esquecermos destes momentos tão importantes e ricos de aprendizagens, as crianças propuseram fazer o registo da história no seu caderno pessoal e construir um arco-íris, flores, abelhas, formigas e pirilampos (como nos fala a história).
Em pequenos grupos de trabalho construíram um painel. Com o material que sobrou várias crianças construíram o seu painel pessoal.
O resultado foi este.



A Educadora de Infância

Maria Antónia Cardoso

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Ano Europeu de Luta contra a Pobreza e a Exclusão Social


Apesar de a União Europeia ser uma das regiões mais ricas do mundo, 17% da sua população não tem os meios necessários para satisfazer as suas necessidades mais básicas.

A pobreza é normalmente associada aos países em vias de desenvolvimento nos quais a subnutrição, a fome e a falta de água limpa e potável são desafios quotidianos. Contudo, a Europa também é afectada pela pobreza e pela exclusão social, onde apesar de estes problemas poderem não ser tão gritantes, são ainda assim inaceitáveis. A pobreza e a exclusão de um indivíduo implicam o empobrecimento de toda a sociedade. A Europa só pode ser forte se utilizar ao máximo o potencial de cada um dos seus cidadãos.
Não há nenhuma solução milagrosa para acabar com a pobreza e com a exclusão social mas uma coisa é certa: não podemos vencer esta batalha sem si. É tempo de renovarmos o nosso compromisso para com a solidariedade, justiça social e maior inclusão. Chegou o momento do Ano Europeu Contra a Pobreza e a Exclusão Social.
Um valor fundamental da União Europeia é a solidariedade, particularmente importante em tempos de crise. A palavra “União” diz tudo – enfrentamos juntos a crise económica e é esta solidariedade que nos protege a todos.
Aqui ficam algumas das coisas que iremos fazer juntos:
Encorajar a participação e o compromisso político de todos os segmentos da sociedade para participarem na luta contra a pobreza e a exclusão social, desde o nível europeu ao nível local, no sector público e no privado;
Motivar todos os cidadãos europeus a participarem na luta contra a pobreza e a exclusão social;
Dar voz às preocupações e necessidades de todos quanto atravessam situações de pobreza e de exclusão social;
Dar a mão a organizações da sociedade civil e a ONG na área da luta contra a pobreza e a exclusão social;
Ajudar a derrubar os estereótipos e a estigmatização da pobreza e da exclusão social;
Fomentar uma sociedade que garanta a qualidade de vida, o bem-estar social e a igualdade de oportunidades para todos;
Reforçar a solidariedade entre gerações e garantir o desenvolvimento sustentável.

CONCURSO NACIONAL DE LEITURA – 3º CICLO RESULTADOS DA 1ª FASE



As provas desta 1ª fase debruçaram-se sobre as seguintes obras: “O Principezinho” de Antoine de Saint Exupéry ; “ Saga” de Sophia de Mello Breyner Andresen e “ O Cavaleiro da Dinamarca” da mesma autora.
Os finalistas desta 1ª fase que se realizou na EB2/3 de Paredes foram:

• Rui Miranda – 8ºB
• Bárbara Barros – 7ºB
• Valeriy Apostolyuk – 7ºB

A 2ª fase, distrital, decorrerá na Biblioteca Almeida Garrett, Porto, durante os meses de Fevereiro/ Março, em data a divulgar.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Filme da Semana


Sinopse

Realizador: Luc Jacquet
Mesmo no local mais inóspito da Terra o amor encontra o seu caminho.
Todos os Invernos, nos desertos de gelo da Antárctida, o local mais inóspito da Terra, tem uma viagem verdadeiramente extraordinária, efectuada da mesma forma há milénios. Pinguins imperadores aos milhares, abandonam a segurança das águas de azul cristalino onde habitam, e trepam para a superfície gelada, para dar início à sua longa jornada para uma região tão erma e tão extrema que não alberga nenhuma forma de vida. Mas a história não fica por aqui…

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Correio do Amor e da Amizade


segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Sugestão da Semana - Ópera infantil


A Floresta


16 de Janeiro, no Europarque,21h30, Grande Auditório, 5 €

«Era uma vez uma quinta toda cercada de muros. Tinha arvoredos maravilhosos e antigos, lagos, fontes, jardins, pomares, bosques, campos e um grande parque seguido por um pinhal que avançava quase até ao mar (...) Quem entrava via logo uma grande casa rodeada por tílias altíssimas cujas folhas, dum lado verdes e de outro lado quase brancas, palpitavam na brisa. Era nessa casa que morava Isabel.»
Sophia de Mello Breyner Andresen inspirou-se na quinta da avó, onde costumava passar férias enquanto criança, para escrever A Floresta. Esta obra conta a história de uma menina, a Isabel, que todos os dias calcorreava aquela quinta, conversando com as árvores e sonhando encontrar um anão, naquele bosque próximo de sua casa. Uma história que fala da amizade, revelando que a «a bondade compensa e os tesouros só trazem felicidade se forem partilhados».
Em 2004, o Teatro Nacional de São Carlos encomendou a Eurico Carrapatoso uma ópera infantil baseada neste conto de Sophia, cujo libreto foi elaborado pelas autoras Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada, actual ministra da educação.
Esta ópera será apresentada pela primeira vez em Santa Maria da Feira, numa co-produção da Associação Orquestra e Banda Sinfónica de Jovens de Santa Maria da Feira e da Câmara Municipal, contando com a participação de crianças de diversas escolas do município.
A Floresta será apresentada sob a direcção musical do maestro Paulo Martins, com encenação de Pedro Ribeiro. Nos principais papéis, contará com a participação de Angélica Neto (Isabel), José Corvelo (Anão), Fernando Guimarães (Professor de Música), Tiago Matos (Bandido/Sábio, João Carlos (Árvore/Narrador) e os Coros Infantis das Academias de Música de Paços de Brandão, de Santa Maria da Feira e do Conservatório de Música de Fornos (Cogumelos e Anões).

Mais informações: Tel. 256 37 02 22

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Sugestões de Leitura

Chegaram, novinhas em folha, as seguintes obras:

Novidades para os mais pequenos:

A casa da Mosca Fosca - Eva Mejuto
Rosinha, o mar e o sonho - Rosário Alçada Araújo
Catarina e o urso - Christiane Pieper
A Chupeta de Nina - Christine Naumann
Diário Inventado de um menino já crescido - José Fanha

O Livro das Adivinhas2 - António Mota
Trava - Línguas - Luísa Costa Gomes Jorge Nesbitt
Eu quero saber (O meio Ambiente) - Texto Editores
Não faz mal ser diferente - Todd Parr
Ciência a Brincar (Descobre o Património!) Constança Providência e Carlos Fiolhais

Ciência a Brincar ( Descobre a Vida!) de Sofia Jorge Araújo, Sónia Martins e Ana Godinho
Ciência a Brincar ( Descobre o Céu!) de Constância Providência
Ciência a Brincar ( Descobre a Terra!) de Constância Providência e Isabel Schreck Reis
Ciência a Brincar ( Descobre o som!) de Carlota Simões e Constância Providência
Comentar os Grandes Artistas - A Vida de 50 pintores através das suas obras de Robert Cumming



Novidades para Adultos:



Crime e Castigo de Fiódor Dostoievski

O Livro do riso e do Esquecimento de Milan Kundera

A Jangada de Pedra de José Saramago

As Flores do Mal de Charles Baudelaire, Tradução de Maria Filomena Llansol

2666 de Roberto Bolaño

O Tambor de Lata de Gunter Grass

Caim de José Saramago

Hamlet de William Shakespeare

Odisseia de Homero

A Morte de Ivan Ilitch de Leon Tolstoi










terça-feira, 5 de janeiro de 2010

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Dia Mundial Da Paz


A 1 de Janeiro de1968, o Papa Paulo IV enviou a seguinte  mensagem:
"Dirigimo-nos a todos os homens de boa vontade, para os exortar a celebrar o Dia da Paz, em todo o mundo, no primeiro dia do ano civil, 1 de Janeiro de 1968. Desejaríamos que depois, cada ano, esta celebração se viesse a repetir, como augúrio e promessa, no início do calendário que mede e traça o caminho da vida humana no tempo que seja a Paz, com o seu justo e benéfico equilíbrio, a dominar o processar-se da história no futuro".

A 1 de Janeiro de 2010, o papa Bento XVI pediu a deposição das armas de qualquer tipo na homilia pronunciada na missa celebrada pelo 43º Dia Mundial da Paz.
Estamos todos convidados a  empenharmo-nos, neste ano de 2010, "na realização de projetos de paz, na deposição das armas e no trabalho conjunto pela construção de um mundo mais digno para o homem".

Bom Ano!